NotíciasSaúde

Beber chá muito quente aumenta risco de câncer, alerta estudo

Começar o dia com uma bebida quente faz parte da rotina de muitas pessoas – para algumas delas, a bebida de preferência é o chá. No entanto, cientistas descobriram que, dependendo da temperatura em que o chá é ingerido, pode haver um risco elevado de câncer de esôfago. O novo estudo, publicado nesta quarta-feira, 20, no periódico Cancer Epidemiology, concluiu que mais de três xícaras de chá verde ou preto, o equivalente e 700 ml, ingeridas em temperaturas acima de 60ºC aumentam a probabilidade de câncer em 90%, se comparado a indivíduos que esperam o chá esfriar um pouco. O risco da doença não está associado ao chá em si, mas ao calor e, portanto, qualquer bebida ingerida em alta temperatura pode aumentar o risco da neoplasia. “Na verdade, é provavelmente algo quente: a geleia de microondas é conhecida por causar lesões no esôfago. É possível que o trauma [causado pelo calor] leve a alterações celulares e, consequentemente, ao câncer”, explicou Stephen Evans, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, no Reino Unido, ao Science Media Center.

Foto: HR Bahia

Mostrar Mais

Publicações Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Detector de Propagandas Detectado

Por favor, desative o seu bloqueador de anúncios para nos ajudar.